FANDOM


Marlene Colla Matheus (São Paulo, 24 de setembro de 1936) é a viúva de Vicente Matheus, ex-presidente do Corinthians e, com o prestígio de seu marido, elegeu-se presidente do clube.

Marlene nasceu no tradicional bairro do Brás. Bailarina de flamenco, conheceu Vicente Matheus durante as comemorações pela conquista do título paulista do IV Centenário, em 1954. Casaram-se em 14 de agosto de 1968. Em 1971, quando Matheus retornou ao Corinthians como vice-presidente, Marlene começou a trabalhar na parte social do clube. Desde então, se tornou uma das figuras mais populares do alvinegro. Sem poder concorrer novamente à presidência, Vicente seguiu os conselhos do amigo Mário Campos (falecido anos antes), e endossou o nome de Marlene como sua sucessora.

Os associados aprovaram a idéia e a elegeram com 2.119 votos, tornando-a a primeira mulher à frente de um grande time brasileiro. Em 1993, na ratificação do Conselho Deliberativo, Alberto Dualib, então presidente do órgão, organizou um golpe para afastá-los do comando. No ano seguinte, uma mudança estatutária impediu a realização de eleições no Parque São Jorge. Vicente e Marlene, unidos a outros opositores, pediram na justiça o afastamento dele. Em 1997, a morte do lendário presidente corinthiano a deixou sozinha na luta pela devolução do Corinthians ao povo. Marlene é membro nata do CORI (Conselho de Orientação) e foi contra a parceria com a MSI, repetindo o gesto das tentativas anteriores. Através de uma aliança com Andrés Sanches, líder do Movimento Renovação & Transparência, disputou uma vaga no conselho deliberativo, como conselheira quadrienal. A eleição confirmou seu carisma, na primeira vitória importante contra Dualib.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.