FANDOM


Wladimir Rodrigues dos Santos (São Paulo, 29 de agosto de 1954) é um ex-jogador de futebol, tendo sido um dos maiores ídolos da torcida do Corinthians. Numa reportagem, ele disse: "Sou o que mais vestiu a camisa do Corinthians e tive sempre sintonia com a Nação Corinthiana. No clube, aprendi o que era vida. Uma verdadeira escola. Todo garoto deveria ter a oportunidade que eu tive. Foi mágico"

Começou sua carreira esportiva ainda nas equipes de base do Corinthians, tornando-se titular da equipe no ano de 1972, durante uma excursão à Europa, sob o comando do técnico Duque, firmando-se na posição no ano seguinte, já sob o comando de Yustrich.

Dono absoluto da camisa 4 até 1985, quando deixou o time para jogar no Santo André, foi recordista do maior número da atuações seguidas no mesmo time: 161 jogos sem contusões ou suspensões, de 28 de março de 1981 (Santa Cruz 2 x 0 Corinthians) em 21 de maio de 1983 (Corinthians 1 x 0 Inter de Limeira).

Wladimir é o corintiano com mais jogos pelo campeonato brasileiro (268), sendo que nenhum outro jogador entrou em campo com a camisa do Corinthians tantas vezes. Ele atuou 806 vezes com a camisa do Timão.

Wladimir foi convocado uma única vez para jogar pela Seleção Brasileira: foi contra a Colômbia pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 1978. O empate de 0x0 foi considerado vexatório e por conta disso, o técnico Osvaldo Brandão acabou pedindo demissão. Wladimir, que não teve culpa do resultado, acabou ficando marcado e não voltou mais a ser chamado para a Seleção. Em 1978, por exemplo, Cláudio Coutinho preferiu improvisar o zagueiro Edinho como lateral-esquerdo, deixando de lado um Wladimir em excelente forma.

Em 1982, Wladimir foi um dos líderes da Democracia corintiana, ao lado dos ídolos Sócrates e Casagrande. O movimento, que permitia que os jogadores participassem de todas as decisões técnicas (por exemplo, os jogadores votavam se queriam ir para a concentração ou não), causou muita controvérias, mesmo com o time conseguindo ser campeão paulista daquele ano.

A primeira vez que enfrentou seu ex-clube foi no Campeonato Paulista de 1987: foi aplaudido pela torcida corintiana, jogou bem, e o Santo André ganhou por 3 a 1.[1]

É considerado, pela maioria dos especialistas em futebol, como o melhor lateral-esquerdo da História do Corinthians.

Em 1998 foi eleito, pela Federação Paulista de Futebol, para a seleção de todos-os-tempos do Campeonato Paulista, ao lado de grandes nomes como Pelé, Rivelino, Ademir da Guia e outros.

Wladimir é pai do lateral-direito Gabriel, revelado pelo Tricolor paulista, passou pelo Tricolor carioca, e atualmente está o futebol grego na equipe do Panathinaikos.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.